Siga a gente!

Dani e Bia. Tecnologia do Blogger.
RSS

Trabalho escravo encontrado na cadeia produtiva da Zara

Mulher bonita e na moda é mulher consciente dos seus direitos, deveres e cidadania. Vejam a reportagem abaixo.... muito importante!

A Zara está no topo das discussões do Twitter e também virou destaque no Facebook, por conta de recente operação do Ministério do Trabalho, que encontrou trabalho escravo na cadeia produtiva da marca. Oficinas subcontratadas da mantinham 15 pessoas, incluindo uma adolescente de 14 anos, em condição análoga a escravidão em plena capital paulista. Segundo reportagem publicada no site da ONG Repórter Brasil, por três vezes, equipes de fiscalização trabalhista flagraram funcionários estrangeiros submetidos a condições análogas à escravidão, produzindo peças de roupa da badalada marca internacional Zara, do grupo espanhol Inditex. 
As 15 pessoas foram libertadas de duas oficinas - uma localizada no Centro da capital paulista e outra na Zona Norte. Para sair da oficina que também era moradia, os trabalhadores precisavam pedir autorização. 
A investigação da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de São Paulo (SRTE/SP) - que culminou na inspeção realizada no final de junho, iniciou-se a partir de uma outra fiscalização realizada em Americana (SP), no interior, ainda em maio. Na ocasião, 52 trabalhadores foram encontrados em condições degradantes; parte do grupo costurava calças da Zara.
O quadro encontrado pelos agentes do poder público, e acompanhado pela ONG Repórter Brasil, incluía contratações ilegais, trabalho infantil, condições degradantes, jornadas exaustivas de até 16h diárias e cerceamento de liberdade (seja pela cobrança e desconto irregular de dívidas dos salários, o truck system, seja pela proibição de deixar o local de trabalho sem prévia autorização). A operação foi exibida também no programa A Liga, da TV Bandeirantes, na noite desta terça-feira.
Em uma das oficinas vistoriadas, foram encontradas seis pessoas, entre elas uma adolescente de 14 anos, em condições descritas como de trabalho escravo. No momento da fiscalização, informa a agência, os empregados finalizavam blusas da Coleção Primavera-Verão da Zara. Para cada peça feita, o dono da oficina recebia R$ 7. Os costureiros declararam que recebiam, em média, R$ 2 por peça costurada. Em 27 de junho, dia seguinte ao da ação, a reportagem foi até uma loja da Zara em São Paulo e encontrou uma blusa semelhante, fabricada originalmente na Espanha, sendo vendida por R$ 139.
As vítimas libertadas pela fiscalização foram aliciadas na Bolívia e no Peru, país de origem de apenas uma das costureiras encontradas. Em busca de melhores condições de vida, deixam os seus países em busca do "sonho brasileiro". Quando chegam aqui, geralmente têm que trabalhar inicialmente por meses, em longas jornadas, apenas para quitar os valores referentes ao custo de transporte para o Brasil.



Reflitam!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

33 comentários:

Cintia Agnes disse...

Oi meninas, vi esta reportagem e fiquei pasma...mas a ganancia de ter mais lucro faz isso....ja que uma empresa legalizada tem custo de produção mais elevado por conta dos impostos...e culpa do governo por ter impostos exorbitantes...quem paga´são as pessoas que precisam...

Beijinhos

Cintia Agnes
http://comnossoestilo.blogspot.com

!! Feminina e Vaidosa !!! disse...

Que vergonha heim?
Mas se for a fundo, todas as grandes grifes tem um podre destes no meio...
beijosss

re_becah disse...

será que é verdade?...achei que pareceu meio fofoca de concorrência, hehe

Beeeijooos

http://re-becah.blogspot.com

Carolina Messias disse...

Que coisa ridícula neh, pensei que isso nem existisse mais....

affff

bju grande, flor!!!

sacoladamoda.blogspot.com

Eneida disse...

Tem que fiscalizar mesmo.
Em todo ramo tem gente querendo tirar proveito dos outros.
Beijo!
http://tengavolantes.blogspot.com

MakeUpToKill disse...

otimo post. Uma empresa grande como a Zara pelo amor de Deus, ainda fazer uso desse tipo de coisa.
Tem que ser punido mesmo.
beijoss
makeuptokill.blogspot.com

Uma linda disse...

Fiquei passada com essa história GENTE!Como a gente compra Zara agora sabendo de tudo isso?

www.pureglamm.blogspot.com

DAME JOLIE accessoire disse...

Inacreditável! Pior é quando roubam os designs dos tolos que vão ser entrevistados para emprego e têm seus portfólios copiados.
Não to falando que é o caso da Zara, mas sim, da indústria da moda!

Dicas Femininas disse...

olá flor muito legal seu poste eu amei seu blog e já seguindo beijos


me visite
http://rosanadicasfemininas.blogspot.com/

Marielle disse...

Eu vi a reportagem e fiquei pasma!
É um absurdo que no século 21 ainda existe esse tipo de coisa!
Mas se for remexer, não só existiu esse escândalo envolvendo uma marca tão 'boa e conhecida'...

bjOs

They Know disse...

Que triste né uma marca tão famosa utilizar esses meios para ganhar lucros! É lamentável admitir que ainda tem pessoas que crescem por aproveitar de outras.
Beijos

Les Lis Perles disse...

Nossa gente..que isso que horror
nao fiquei sabendo nao..
beijos
LAra
www.leslisperles.blogspot.com

Ale Quejinho disse...

Nossa que blog bacana! Minha primeira visita, e estou amando. Quando puder venha me visitar que ficarei honrada!
Ale

Sarah Reinert disse...

Achei um absurdo isso!!!
Beijos!!!
Tem sorteio lá no blog, participa!
Twitter: @sarahreinert
Blog: http://vestindocorderosa.blogspot.com

Ray* disse...

Vi essa reportagem tb.
Tenho que admitir que isso não me surpreende nenhum pouco.
As pessoas que tem o mínimo de conhecimento da realidade sabem que isso ocorre. Não apenas com a Zata, mas com várias outras multimarcas.
Só não sabe quem não quer saber!
Beijão

De - Meu estilo é assim disse...

Nossa... que notícia triste. E que bom que situações como essa têm sido descobertas e denunciadas.
Bj!

Entre Amigas disse...

Parabéns pelo post!


Bjo, Paula
entreamigasunhas.blogspot.com

Ca Rocha disse...

Q horror!!
Quando não é matando animais é escravizando gente. O custo da moda é esse ??!!! Bjs

http://autentika-autentika.blogspot.com/

Letícia Mota disse...

Achei um absurdo e pior que a gente compra...

Vergonha.

http://modaeexcelencia.blogspot.com/

Virginia disse...

Como alguém tem coragem de fazer aquilo com um ser humano,que horror.
beijos

Thalitha Mercês disse...

oi Dani! que absurso isso hein? Essa marcas fazem isso mesmo. Quando não isso pagam uma miséria as costureiras q na maioria das vezes são de fundo de quintal, uma amiga da minha mami costurava para a Marisa e ganhava 0,50 centavos por peça acredita?
Bjokas

http://coisasdethalitha.blogspot.com

Bruna Cunha disse...

Achei tudo isso um horror!!
Assisti uma parte na Liga...

Beijos

www.unhasglamour.blogspot.com

Aline Lima disse...

que horror,pessoas estão sem noção..

www.wcfeminino.com.br

CHIKITA BAKANA disse...

Genteem que babado!
Nesse mundo das "Vanitas vanitatum, et omnia vanitas!" eu acredito em tudo, até que o império Zara cresce às custas de trabalho escravo.

Bjs linda,

Rita Barroso
http://blogdachickitabakana.blogspot.com/

Hana disse...

Oie meninas, qdo li essa reportagem pela primeira vez no site da record fiquei chocada! Como pode as empresas tratarem os funcionários feito lixo, gente isso é d+++ é revoltante.

bjiimm e ótimo final de semana

http://muslimahfashionn.blogspot.com

http://meuamorpaquistanes.blogspot.com/

LA MODE disse...

Eu vi essa reportagem!!É um absurdo!!E quem sai perdendo é a marca..ctz que eles terceirizavam a produção e nem imaginavam que uma coisa dessa ia acontecer!!

Bjos Jú
http://lamodebrasil.blogspot.com/

LA MODE disse...

Eu vi essa reportagem!!É um absurdo!!E quem sai perdendo é a marca..ctz que eles terceirizavam a produção e nem imaginavam que uma coisa dessa ia acontecer!!

Bjos Jú
http://lamodebrasil.blogspot.com/

Renata Linhares disse...

Imperdoável!!!!!!

Tem sorteio de um cleasing & polishing tool da Sigma lá no meu blog. Participe!!!

Bjs!!!
http://scarpindeonca.blogspot.com/

Mari Bonina disse...

babado fortíssimo esse hein? =/
ABSURDO!!!
fiquei mega decepcionada

http://themariproject.blogspot.com/

Pollyana disse...

Que triste saber que isso acontece
e que deve ter mais lugares assim ne
bjos
bom fim de semana
http://glamurousmake.blogspot.com

Lindeza disse...

noossa estou impressionada =0 nem imaginava um absurdo desses..
mas infelismente as pessoas querem sempre mais e mais e não se preoculpam se isso tem que passar por cima de alguem! /(

Bia Medeiros e Dani Alencar disse...

É uma pena mesmo! Pq como vc bem sabe eu ADOOORO a Zara!! E vendo as etiquetas das roupas q tenho dessa marca achei uma "Made in Brazil", comprada em Portugal, eu acho. :(
bisous de ton amie,
Bia Medeiros

Marilia Ferrante e Marina Ferrante disse...

realmente muito se noção!
seu blog é super! adorei e estou seguindoo!

http://mariliaemarina.blogspot.com